Definições
Exames
Terapias
Códigos CHBPM/AMB
Localização
Contato

NUCLEVEL - Medicina Nuclear

<< Voltar

Esqueleto: Cintilografia Óssea do corpo inteiro.



 O que é cintilografia óssea

A cintilografia óssea representa um dos procedimentos mais antigos e estabelecidos da medicina nuclear sendo introduzida na prática médica entre 1950-1960 até os dias de hoje, representando mais de 1/3 dos exames realizados na especialidade.

Basicamente consiste na injeção na veia de radiotraçador ósseo (difosfonados), o qual concentrará no osso proporcionalmente a taxa de formação ou metabolismo ósseo, permitindo um rastreamento do esqueleto como um todo.


 Para que serve o exame?

A cintilografia óssea, como já dito anteriormente, permite a detecção precoce de qualquer condição que aumente o metabolismo dos ossos, dentre os quais se destacam:


Pesquisa de metástases ( infiltração dos ossos por câncer, em geral de pulmão, próstata e mama;)

Infecção e inflamação dos ossos- osteomielite ( principalmente em crianças);

Osteonecroses ( interrupção do suprimento sanguíneo para o osso);

Dores lombares ( suspeita de sacroileíte ou espondiloartropatias);

Fraturas de estresse,principalmente em atletas e pessoas que praticam atividade fisica;

Entesopatias, shin-splint,osteíte pubica(medicina esportiva)

Avaliação tardia de prótese, principalmente nos quadris;

Avaliação e seguimento de tumores ósseos;

Doenças osteometabólicas (Paget, displasias, raquitismo, hiperpara-tireoidismo...)



 Quem deve solicitar o exame?

Como qualquer método de diagnóstico subsidiário, seu exame deverá ser sempre solicitado por um médico (a)


A cintilografia NÃO deve ser realizada em mulheres grávidas! Caso haja qualquer dúvida de risco de gestação, é melhor realizar antes um teste de gravidez ou informar o (a) médico(a).

 O exame é seguro?

Os riscos são MÍNIMOS, relacionados apenas a probabilidade de reação adversa a medicamentos incluindo (reação alérgica) , uma vez que se injeta radiotraçador ósseo em veia periférica. Estudos médicos* da década 90 incluindo mais de 850.000 pacientes verificaram índices MÍNIMOS de reação adversa variando de 2 para cada 100.000 a 1,1 para cada 10.000 aplicações, ou seja, entre 0,02% a 0,01%.Como curiosidade o tipo de reação mais verificado foi rubor cutâneo temporário ( pele avermelhada ), não se observando nenhuma reação grave que necessitou de hospitalização ou que tenha causado seqüela a saúde. Apenas para comparação, o risco de reação adversa relacionada aos exames de medicina nuclear chaga a ser até 1.000 vezes menor que o risco de reação aos contrastes iodados utilizados nas radiografias e tomografias contrastadas.

*Referências

Hesslewood Sr, Keeling DH. Frequency of adverse reactions to radiophamaceuticals in Europe Eur J Nucl Med. 1997 Sep;24 (9):1179-82.

Silbertein EB, Ryan J. Prevalence of adverse reactions in nuclear medicine.Pharmacopeia Committee of the Society of Nuclear Medicine.J Nucl Med. 1996 Jan;37(1):185-92.

Mishkin MM.Contrast media safety: what to we kanow and how do we know it? Am J cardiol.1990 Oct 26;66 (14):34F-36F.

Webb JÁ, Stacul F, Thomsen HS, Morcos SK. Late adverse reactions to intravascular io media.Eur Radiol.2003 Jan; 13 (1):181-4.Epub 2002 Sep 10.


 A radiação empregada no exame faz mal para saúde?

NÃO existe dano ou risco algum para o paciente nas doses de radiação habitualmente utilizadas nos procedimentos diagnósticos de medicina nuclear. A exceção seria no caso de mulheres gestantes (principalmente no 1º trimestre) e em amamentação, pois devido a maior sensibilidade do feto e recém nascido, evita-se a exposição a qualquer nível de radiação, sendo portanto contra- indicado exames de medicina nuclear em gestantes e mulheres em amamentação, salvo casos esses discutidos com médico responsável. Para saber mais sobre radiação na medicina nuclear.


 Quanto custa o exame?

A cintilografia óssea, por envolver uso de insumos radioativos, fármacos, equipamentos de alta tecnologia e necessidade de profissionais com alta qualificação, compreende procedimento de alta complexidade.

O custo do exame é coberto pela maioria dos convênio e planos de saúde.

Caso seu plano não forneça cobertura ou a clinica não esteja credenciada, os valores praticados na "tabela particular" podem ser obtidos via contato telefônico. Devido as constantes variações no custo de materiais, política tributária e margens de negociação, infelizmente não podemos dispor de tabela de preços on-line.



 Como agendar meu exame?

A cintilografia óssea deve ser primeiramente solicitada pelo seu médico (a). Com pedido do médico em mãos deve-se marcar o dia e horário do exame por telefone.

Serão fornecidas também orientações a respeito do preparo e duração do exame, além de eventuais duvidas a respeito de credenciamento de convênios médicos, liberação de guias, valor de exames particulares e outros tipos de informações pertinentes.

Caso prefira, o agendamento também poderá ser realizado pessoalmente na Nuclevel.



 Quais são as recomendações para o exame?

NÃO é necessário jejum! Alimente-se normalmente!

Procure vestir roupas confortáveis, sem excessos de botões ou peças metálicas.

Evite cintos com fivelas muito grandes.

Evite excessos de jóias, brincos pulseiras.

NÃO é necessário vir de bexiga cheia.

Se tiver, traga exames recentes relacionados com seu caso ( cintilografias prévias, radiografias, tomografias, ressonância, ultrassom, biópsias , relatórios médicos)


 Como é realizada a cintilografia óssea?

Antes do início do exame, após fornecer dados para ficha cadastral e eventual liberação de guias na recepçào da clínica, a equipe técnica da Nuclevel realizará uma entrevista rápida, no intuito de obter informações pertinentes a respeito dos seus antecedentes de saúde.

A seguir será realizada injeção na veia com agulha fina ( desconforto mínimo) do radiotraçador ósseo MDP-99mTc ( metilenodifosfonado marcado com tecnecio). A dose de radiação é baixa ( similar radiologia), com probabilidade quase nula de reação alérgica. Caso seu médico (a) tenha solicitado ou se o médico nuclear da Nuclevel achar necessidade durante a injeção será realizado etapa inicial para análise de fluxo sanguíneo , com obtenção de imagens que durarão cerca de 5 minutos.

Após a injeção do traçador o (a) paciente retornará após 2 a 6 horas ( tempo médio necessário para a concentração adequada nos ossos). O horário de retorno para realização das imagens no aparelho de medicina nuclear será fornecido no dia pela equipe técnica. Neste intervalo procure ingerir líquidos para estimular a micção e eliminar a parcela de dose que não fixou ao osso. Deve-se tomar muito cuidado para não respingar urina nas roupas ou no próprio corpo, pois a presença desta urina com traços radioativos poderá atrapalhar na hora de adquirir as imagens. Ainda, nesse intervalo de tempo de 2 a 6 horas, o paciente poderá retornar ao domicilio o ou ambiente fora da clínica, não sendo necessário jejum ou qualquer tipo de restrição nas atividades habituais, salvo contato íntimo ou aproximar-se de mulheres grávidas e crianças de colo*.


 Prazo de liberação do resultado e cuidados após o exame:

Após o término, as imagens são processadas em computador, com análise e laudo realizados por equipe médica qualificada, com resultado disponível para retirada no dia útil subsequente. Em casos de urgência o resultado será informado por telefone diretamente para seu médico. Caso você more em outra cidade ou estado, existe a opção de envio do resultado do exame cobrado o valor da taxa de envio da tabela dos CORREIOS ®.


 Existe alguma restrição após o término do exame?

Quanto aos cuidados após a cintilografia óssea, o (a) paciente deverá permanecer afastado de crianças de colo por pelo menos 24 horas, período necessário para que os níveis de radiação de valores insignificantes. Não há necessidade de afastamento do trabalho após o exame, salvo quando contato constante com gestantes e crianças de colo ( trabalho em berçário, maternal, creche, etc.) sendo,quando necessário, emitido atestado de afastamento por 2 dias a contar da data do exame de cintilografia óssea.
Copyright® NUCLEVEL - Todos os direitos reservados